10 de maio de 2007

Globalização

Quando o David foi para Cabo Verde pedi-lhe para me trazer um pano típico - e típico é a palavra-chave - para carregar o Luis.

Parece, garante-me ele, é que o que se usa por lá agora são estes sarongs, made in Indonesia, e comprados nas lojas chinesas.

É bonita a minha prenda. Vou usá-lo para levar o Luis e dar passeios na praia. Tenho pena é que seja típica da aldeia global e não de Cabo Verde.

3 comentários:

Sofia Esperança disse...

Realmente, isto da aldeia global às vezes é frustrante!!
Imagina que quando fui a Marrocos encontrei tapetes "genuínos" que diziam "made in Portugal"!!! Anda tudo trocado!

Brikebrok disse...

Infelizmente o que há mais em África é o "made in china" ...

Tom disse...

My 2 cents worth...
One beauty of the gobalization is that people in Indonesia are able sell their produce in Cabo Verde. Let's hope you can find Cape Verdean produce in Indonesia too (somehow I doubt it). On this note, I was able to buy some excellent Cabo Verde music online from a European shop last week. :-)